Contexto

Presente em 21 países, com cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento, o Itaú Unibanco é o maior banco privado do país e, segundo a Forbes, uma das maiores empresas do mundo. Sediada na capital paulista, metrópole também conhecida pela diversidade de culturas e etnias, há alguns anos, a empresa sentiu a necessidade de realizar uma campanha de comunicação interna que valorizasse e incentivasse a diversidade na cultura organizacional. O resultado disso foi a Semana da Diversidade, um evento itinerante realizado pela Supera Comunicação em três centros administrativos do Itaú, em São Paulo (SP). Apesar de ser um tema recorrente hoje em dia, a ação ocorreu em dezembro de 2008, dois meses antes da fusão da empresa com o Unibanco.

Desafios

Como criar e planejar um evento que envolvesse e impactasse o público sobre o tema? Mais do que isso, como provocar uma mudança na concepção do que é diferente? Para fazer com que os colaboradores percebessem a importância de ter uma equipe composta por pessoas diferentes, a Supera Comunicação desenvolveu a Semana da Diversidade, uma campanha seguida de um evento voltados a mobilizar e sensibilizar acerca da diversidade e do respeito.

Solução

Responsável pelo planejamento e pela execução da campanha e do evento, a Supera Comunicação realizou um projeto que aconteceu em três fases: pré-evento, evento e pós-evento. O tom da comunicação foi o da celebração da diversidade presente no Itaú Unibanco. Todos os materiais impressos tiveram uma versão em Braille, e as apresentações presenciais na Semana da Diversidade foram traduzidas simultaneamente na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Durante cinco dias, o evento envolveu os 11 mil empregados dos centros corporativos por meio de atrações que visaram promover a conscientização sobre a diversidade na empresa, gerando a empatia no local de trabalho e o respeito pelas diferenças. Todas as ações foram estrategicamente pensadas para abordar diferentes situações em que a diversidade existe no nosso dia a dia por meio de músicas, características físicas individuais, culturas e costumes de diversos países.

Resultados

Para mensurar de que forma a campanha foi percebida pelos colaboradores, avaliar a compreensão do conceito e a satisfação dos participantes, foram entregues questionários aos visitantes dos estandes. Mais de 580 colaboradores responderam à pesquisa de satisfação, e 79,4% dos respondentes afirmaram que as ações ampliaram o conhecimento sobre o tema, enquanto 72,5% concordaram que o Itaú trabalhava bem o assunto. Por meio da metodologia quantitativa, o resultado obtido foi positivo, com a nota 9 como média geral do evento.

Confira alguns dos estandes da Semana da Diversidade:

Experimente a Mistura
O espaço mostrou a diversidade por meio da mistura de sons e estilos musicais, despertando o conceito de que somar diferenças traz inovações e multiplica oportunidades. Com o auxílio de um DJ, os colaboradores podiam mesclar diferentes estilos musicais.

Encontre-se na Diversidade do Itaú
Para divulgar as diferenças das características físicas de cada pessoa, foi desenvolvido um jogo da memória com fotos dos colaboradores.

Espaço Itaú Mundi
Um jogo de perguntas e respostas sobre curiosidades culturais dos países em que o Itaú atua, despertando o interesse acerca da diversidade no mundo.

Reflexos da Diversidade
Diversos tipos de espelhos geravam imagens desproporcionais das pessoas, que se viam de forma diferente, no lugar do outro, provocando a reflexão sobre o preconceito de cada um.

Palestra com Miriam Leitão
Sob o tema “Diversidade como vantagem competitiva para a performance sustentável das empresas”, a economista Miriam Leitão apresentou dados que comprovaram que a diversidade gera oportunidades de crescimento nas organizações.

Apresentação do Coral Zumbi dos Palmares
O grupo, composto por estudantes e apoiado pelo Itaú, possui um repertório diversificado. A ação foi escolhida para o evento em função de o coral representar o conceito da diversidade de forma surpreendente.

VOLTAR

Serviços

Precisa pensar os
canais de comunicação
interna de forma diferente?

A informação não se limita (nem deve ser limitada) aos muros das organizações. Num clique, o empregado emite suas opiniões, ajuda na construção de imagem ou desconstrói a reputação de marcas e empresas.

leia mais