fbpx
Fake News nas organizações

Fake News nas organizações

Como as plataformas de comunicação podem evitar a disseminação de notícias falsas?

Segundo um estudo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (IMT), em 2018, as fake news se espalham 70% mais rápido do que as verdadeiras e alcançam muito mais gente.

Durante a pandemia, isso tem se intensificado, e a OMS passou a utilizar o termo infodemia para explicar o excesso de informações que tem afetado a saúde da população e imposto desafios às organizações.

Neste contexto, preparamos um artigo para falarmos mais sobre informações falsas no ambiente de trabalho e como combatê-las de forma efetiva!

Desafios das organizações

Em 2018, a Aberje realizou o estudo “Fake News: Desafios das Organizações” para avaliar como 52 empresas nacionais e internacionais encaravam o fenômeno da disseminação de mentiras on-line.

De acordo com a pesquisa, os principais impactos relacionados à publicação e à disseminação de fake news são:

  • Danos à reputação da marca (91%);
  • Imagem da empresa (77%);
  • Credibilidade da organização (40%);
  • Imagem do setor (28%);
  • Reputação da liderança (13%);
  • Perdas econômicas e financeiras (40%).

Além das fake news, boatos internos podem influenciar negativamente o clima organizacional e afetar os resultados de uma companhia.

Como combater as fakes news?

O ideal é que a empresa crie espaços para que os colaboradores expressem suas ideias e opiniões e ainda participem de decisões em equipe.

Neste sentido, ter um canal de comunicação interna com periodicidade definida é essencial para disseminar informações corretas e dialogar com os funcionários. Além disso, é importante que os líderes tenham uma rotina de comunicação junto das suas equipes.

Com os desafios da pandemia, manter as pessoas informadas e produtivas se tornou ainda mais importante. A falta do contato presencial trouxe a necessidade de implantar soluções acessíveis e digitais e que levassem mensagens de forma rápida.

Ferramentas de comunicação digital

Elas potencializam o trabalho da comunicação interna, garantindo agilidade na transmissão das informações e conectando os colaboradores à organização.

No mercado, há diversas ferramentas, como o Teams, que permite realizar videoconferências e conversas por mensagem, e o WhatsApp, que facilita a troca entre as pessoas e possibilita o envio de arquivos diversos.

Porém, acessar diversas plataformas para receber comunicações internas e dialogar com a liderança e os colegas de equipe podem atrapalhar a produtividade e, ainda, comprometer a segurança da empresa. Por isso, você pode contar com o Workplace from Facebook.

Num só lugar, é possível fazer uma comunicação clara e objetiva para todas as áreas e colegas de equipe. Os recursos da plataforma contemplam chamadas de vídeo, transmissão ao vivo, feed de notícias, chat e muito mais.

Assim, a empresa consegue divulgar informações precisas e educar as pessoas por meio de campanhas estratégicas em um canal de comunicação oficial.

Quer saber mais?

A Supera é parceria oficial do Facebook para a implantação do Workplace desde 2018. Com a nossa expertise, podemos ajudar você a transformar a comunicação interna e combater as fakes news no ambiente de trabalho.

Clique aqui e fale com o nosso time responsável.